SPM-S4-H1

O problema dos motociclistas com as barreiras metálicas:

As barreiras metálicas implicam dois tipos de risco para os motociclistas:

a) Por um lado, o impacto direto do motociclista contra a barreira pode causar graves lesões, frequentemente fatais.

b) Por outro  lado, o motociclista pode atravessar o espaço livre entre os postes consecutivos, estando à mercê do perigo de que a própria barreira metálica esteja protegendo (desnível, obstáculo...).

 

Descrição e montagem

A barreira metálica simples com sistema de proteção para motociclistas “SPM-S4-H1” é um sistema  de segurança especificamente desenvolvido para margens e canteiros centrais das rodovias, que incorpora proteção para usuários de veículos de duas rodas, em situações de impactos diretos com as barreiras, além dos perigos existentes no ambiente, como obstáculos e desníveis, os quais justificam a implantação do dispositivo. Fabricado integralmente em chapa de aço laminada a quente, classes S235JR e S355JR, de acordo com o padrão europeu UNE-EN 10025 e galvanização por imersão a quente, de acordo com a norma europeia UNE-EN ISO 1461, a barreira de contenção é composta por uma lâmina dupla onda, apoiado a cada 4 metros em postes verticais de secção C-120. O sistema SPM-S4-H1 é composto por uma lâmina SPM metálica contínua de perfil plano-trapezoidal, localizada abaixo da lâmina dupla onda por meio de 2 braços metálicos colocados entre os postes.

 

Componentes

 

Comportamento em imapacto de veículos

O sistema SPM-S4-H1 superou com sucesso os ensaios de impacto com manequim em escala real, de acordo com a norma europeia UNE 135900: “Avaliação comportamental dos sistemas para proteção de motociclistas nas barreiras de segurança” para o nível de proteção de 70 km/h (impacto de um manequeim de 86,5 kg, a 70 km/h e 30º em dois pontos de impacto: no poste e no centro do vão). O índice HIC, as diferentes  forças e momentos no pescoço medidos durante os ensaios estão dentro dos limites correspondentes a classe ótima de severidade (Nível 1), segundo a UNE 135900. Além dos ensaios com manequins, que definem o quanto os dispositivos mitigam os impactos de motociclistas, a barreira completa com o sistema SPM-S4-H1 também realizou ensaios em escala real através de impactos de veículos de quatro rodas, de acordo com a norma UNE-EN 1317-2, e superou com sucesso os crash testes TB42 e TB11, cumprindo todos os critérios para o nível de contenção H1, classe de severidade A e área de trabalho W4. Desta maneira, é garantido que a proteção para os motociclistas não reduz a eficácia da barreira metálica em veículos de quatro rodas.

 

 

Solicite já um orçamento


Gostamos de desafios, envie os dados de seu projeto especial.

Ou se preferir entre em contato pelo telefone +55 (19) 3805-9637